Arena de Verão 2023 - Tatau

Vitória encerra 2023 com investimentos de mais de R$ 20,6 milhões em cultura

Vitória da Cultura! Cada vez mais comprometida com o setor cultural, a Prefeitura de Vitória aumentou pelo terceiro ano consecutivo os investimentos na área. Por meio da Secretaria de Cultura (Semc), em 2021 foram aplicados pouco mais de R$ 2,71 milhões; em 2022, aproximadamente R$ 8,31 milhões; no ano de 2023 o valor ultrapassou R$ 20,6 milhões, um aumento de 660 % ou mais de sete vezes o valor aplicado no primeiro ano de gestão.

Os setores de produção, promoção, difusão e intercâmbio cultural receberam atenção especial em 2023, com 16,7 milhões investidos.

O Projeto Cultural Rubem Braga, que consiste no incentivo financeiro à cultura, por meio da concessão de recursos para a realização de projetos culturais da sociedade e que divulgou no último dia 15 de dezembro o resultado final da Avaliação e Seleção da Lei Rubem Braga, com a convocação de 34 projetos, recebeu ao longo de 2023, aproximadamente R$ 2,2 milhões.

A Semc apoiou, em 2023, mais de 300 eventos realizados por toda a cidade. Entre eles destacam-se a “Arena de Verão”, a “95ª Festa de São Pedro”, as comemorações do aniversário de 472 anos de Vitória, o “Festival Mariscada” da Ilha das Caieiras, o “Festival da Moqueca Capixaba”, as comemorações do Dia das Crianças, em diferentes bairros da capital; o “Natal de Encantos”, com ações por toda a cidade; e por último, a realização da inédita “Feira de Antiguidades da Rua da Lama”, que em 2024 acontecerá mensalmente, todo primeiro sábado do mês.

Outro número bastante expressivo foi o de alunos atendidos pelas formações culturais ofertadas de forma gratuita pela Semc. A Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música (Fafi), o Museu Capixaba do Negro (Mucane) e o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) receberam 1.883 alunos nos seus cursos e oficinas de 2023.

Fundo Municipal

Responsável por promover o desenvolvimento da cultura no município de Vitória, o Fundo Municipal de Cultura (FunCultura) concedeu apoio financeiro a 20 alunas da Fafi para a participação no Prêmio Internacional de Dança de São Paulo (Pridansp), realizado no último mês de setembro.

Ao todo, foram investidos R$ 50 mil para custear despesas como transporte, alimentação, hospedagem, passagens e taxas de inscrição das participantes.

Lei Paulo Gustavo

O FunCultura lançou, ainda em 2023, os editais da Lei Paulo Gustavo, com verba federal de R$ 3.197.392,91. Ao todo, 75 propostas foram selecionadas.

Lei Aldir Blanc

Foi submetido, mais uma vez, o Plano de ação na Política Nacional Aldir Blanc para a captação de R$ 2.442.234,84, valor que será distribuído entre ações de fomento cultural, obras, reformas e aquisição de bens culturais, subsídio e manutenção de espaços e organizações culturais e implantação da política nacional de cultura viva.

Literatura

Com um acervo de mais de 20 mil exemplares, a Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim é um espaço cultural que proporciona o acesso à informação, à literatura, à pesquisa e ao conhecimento de forma universal, livre e gratuita.

Além dos exemplares disponíveis no espaço físico da Biblioteca, 1.834 livros e 249 revistas (gibis) circulam pelas nove regiões administrativas da cidade de Vitória, de forma itinerante, por meio de minibibliotecas chamadas caixas-estantes, com publicações para crianças, adolescentes, jovens e adultos, todos disponíveis para empréstimo à comunidade.

Em 2023 a instituição realizou, por meio do projeto “Viagem pela Literatura”, um conjunto de atividades, tanto em sua sede, no Centro Histórico de Vitória, quanto em diversos bairros e espaços da cidade, como: apresentações do projeto “Viver o Livro ao Vivo e em Cores”; Contação de histórias; Encontro com o Escritor; Saraus Poéticos; Oficina de Contação de História; Círculo de Leitura, entre outras ações que impactaram mais de 10 mil pessoas.

Fafi

A Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música (Fafi) oferece cursos técnicos de nível médio nas áreas de Teatro e Dança nas modalidades subsequente ou concomitante; curso Básico em Dança com duração de oito anos, além de oficinas nas diferentes linguagens artísticas: Teatro, Dança e Música, para comunidade em geral (crianças, adolescentes e adultos), possibilitando a formação de cidadãos com domínio dos conhecimentos artísticos, humanísticos, científicos e tecnológicos que garantam a competência profissional e o exercício efetivo da cidadania.

Ao longo de 2023, a Fafi realizou uma série de ações importantes, nas três áreas em que atua, além de participar e promover eventos e espetáculos. A instituição iniciou 2023 com a oferta de 939 vagas e anunciou no segundo semestre mais 190, totalizando 1.129 oportunidades de transformação de vidas por meio da arte.

A escola também realizou dois recitais que integraram as apresentações de culminância do trabalho desenvolvido durante o 1º semestre, com a presença de familiares e amigos dos alunos.

As alunas do Curso de Dança participaram de dois festivais: um no Espírito Santo e outro em São Paulo, sendo premiadas em ambos. No Enesdança 2023, realizado na capital capixaba, foram nove premiações (três 1º lugares, quatro 2º lugares e dois 3º lugares). No Pridansp 2023, em São Paulo, foram 12 coreografias apresentadas e todas premiadas. Das doze premiações foram (quatro 2º lugares e oito 3º lugares).

Ao término de 2023 foram criados e apresentados cinco espetáculos, nas linguagens de teatro, dança e música, prestigiados por um por um público de 1.710 pessoas.

                                                      Consulta pública acontece a partir desta segunda-feira (29).

Mucane

Localizado na Avenida República, no Centro Histórico de Vitória, o Museu Capixaba do Negro (Mucane) reabriu suas portas, no último mês de setembro, completamente restaurado. Com investimentos de mais de R$ 800 mil, a reforma e o restauro representou um marco significativo na preservação do patrimônio histórico e cultural da região.

O espaço é destinado a convergência de diversos serviços voltados à política de valorização, de preservação da memória e da identidade negra e ao reconhecimento das suas produções culturais. Sua instalações contam com área de exposições, biblioteca, auditório, salas para oficinas, administração, banheiros, pátio interno, entre outros.

Após sua reabertura, o museu já promoveu uma exposição, “Protocolos para a [des]construção do corpo”, que contou com 1.200 visitantes e ofertou 289 matrículas para novos participantes em diferentes oficinas.

Por meio do projeto “Gira Mucane”, realizado durante o período de obras na instituição, 26 escolas foram atendidas com ações diversas.

Além dos cursos, oficinas e exposições o Mucane registrou em 2023 quase três mil visitas de público espontâneo. E as suas atividades impactaram um público geral de 15.889 pessoas.

Artes Plásticas

A Casa Porto das Artes Plásticas, um importante espaço de referência para as artes visuais e contemporâneas do Estado, abriga uma série de eventos relacionados à Cultura, como bate-papos, mercados, exposições, lançamentos de livros, dentre outros, criando um intercâmbio das artes plásticas com outras linguagens artísticas. De acordo com a Semc, a instituição recebeu 2.693 pessoas em 2023.

Museu do Pescador

Localizado em São Pedro, região rica na tradição da pesca, o Museu Histórico da Ilha das Caieiras “Manoel Passos Lyrio”, conhecido popularmente como Museu do Pescador, realizou, em 2023, três exposições e recebeu um público de 1.972 pessoas.

Por caracterizar-se como um museu comunitário, fortalece a identidade local por meio de ações voltadas, principalmente, para a relação dos moradores com o mar e o manguezal.

Projeto Circuito Cultural

Circuito Cultural é um projeto que se sustenta em três pilares importantes: a promoção, o acesso e fortalecimento dos bens culturais nas comunidades de Vitória.

Atualmente, funcionando no Centro de Artes e Esportes Unificados (Ceu), localizado em São Pedro, o circuito ofertou, em 2023, 465 vagas em oficinas como artesanato, bordado, capoeira, costura, danças urbanas, violão e balé.

O Circuito resulta de um desdobramento de ações culturais e socioeducativas que há 17 anos contribui com o processo formativo da cidade de Vitória, de maneira geral, e dos cidadãos da Região da Grande São Pedro, de maneira particular.

Conferência Municipal de Cultura

Após 10 anos sem ser realizada, a Secretaria Municipal de Cultura (Semc), em parceria com o Conselho Municipal de Política Cultural de Vitória, organizou e coordenou a 4ª Conferência Municipal de Cultura de Vitória (CMCV) que aconteceu no último dia 20 de outubro, no Museu Capixaba do Negro Veronica da Pas (Mucane).

Com a participação de 86 pessoas, foram organizados grupos de trabalho que produziram 61 propostas a partir dos seguintes eixos estruturantes: Institucionalização, Marcos Legais e Sistema Nacional de Cultura; Democratização do acesso à cultura e Participação Social; Identidade, Patrimônio e Memória; Diversidade Cultural e Transversalidades de Gênero, Raça e Acessibilidade na Política Cultural; Economia Criativa, Trabalho, Renda e Sustentabilidade; e, Identidade, Patrimônio e Memória.

A 4ª CMCV elegeu, ainda, cinco delegadas e delegados que representaram a cidade na 4ª Conferência de Estado da Cultura do Espírito Santo.

Patrimônio

Em 2023 foi realizada uma parceria da Semc com o Laboratório de Extensão e Pesquisa em Artes, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), com o objetivo de promover um acordo de cooperação para produzir a identificação dos 62 monumentos da cidade; revisar e ampliar o catálogo de monumentos e criar um repositório.

(DA REDAÇÃO \\ Gut Gutemberg)

(INF.\FONTE: Internet \\ Pedro Vargas)

(FT.\CRÉD.: Leonardo Silveira \\ Divulgação)